terça-feira, 3 de novembro de 2009

Vícios e Virtudes

Terça-feira dia 3 de Novembro de 2009 - 21:07

Que final de semana maravilhoso eu tive, às vezes precisamos conhecer novos ares, esquecer um pouco desse mundinho em que vivemos.
Sempre acabo filosofando demais e para minha infelicidade ou talvez felicidade, acabo prevendo coisas que eu gostaria que fossem mentira.
Fico cá pensando com meus botões o quanto as pessoas são previsíveis. E posso generalizar sim...porque se não são previsíveis, sou eu que tenho algum poder mediúnico...
Enfim, já errei muito mas graças ao bom Deus, alguns erros me fizeram amadurecer muito.
Será que serei eternamente sozinha? acreditar demais nas pessoas sempre acaba sendo um erro fatal...na verdade eu deveria acreditar só em mim mesma, algo que me parece também impossível.
Acho que a gente acaba acreditando em pessoas que já são desacreditadas por si sós...
Acredito, crio falsas esperanças ( coisa que eu nem deveria ter mais) e acabo me vendo sozinha e trancafiada numa espécie de concha..essa é a metáfora mais perfeita que pude encontrar até o momento.
Carrego o peso de amar demais,nas minhas costas, ouço ecos da minha própria voz....e quando nada do que eu imaginava dá certo...eu posso me esconder dentro do próprio peso que carrego...meu fardo se transforma em uma grande e esplendorosa concha....
Me arrasto e tento me achar dentro do meu próprio erro....até quando?
Será que palavras ecoadas não voltam? e os sentimentos jogados e esmagados como uma porcaria qualquer...ficam impunes?
Não...eu creio que não....sou da opinião de que se eu jogar flores aos que me mandam espinhos a tendência é receber de volta o seu perfume...quem me manda espinhos...fere seus próprios dedos...
Ficou confuso, concordo...meus pensamentos e idéias às vezes correm num fluxo mais rápido do que minha capacidade de transformá-los em frases com sentido.
Para dar mais sentido ao título desse desabafo...
Meu vício é amar demais...minha virtude é pensar que o amor não existe!

5 comentários:

Mayra Kraus Galvão disse...

Bru, acho que a ultima frase resume bem demais tudo q tá escrito.. e eu sempre falo pra vc.. vc se fecha e perde oportunidade de conhecer pessoas.. eu sou assim tbm, mas nao chego com esse pensamento.. ah.. nao to inspirada hj.. mas logo a concha vai se abrir.. ela tah da cor do pecado! rs

Mayra Kraus Galvão disse...

comentar no meu nada, né? malvada

Mayane disse...

Nem te conheço, mas li algumas coisas que você postou. E..adorei :) Beijão

Bruna Pontes Kraus disse...

puxa..obrigada =)

sandra disse...

Lindo demais...tb sou bem parecida contigo nesse ponto, filhota e isso q tu escteveu me lembrou muito oq a Nair escrevia...tu tem muito dela...graças a Deus...bjus paixão...

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios